Tratamento de impotência sexual

Para o tratamento da impotência psicológica é necessário antes de mais nada:

para tentar o máximo possível para restaurar a ordem de sono, trabalho e descanso,
a nutrição é parte integrante do tratamento, qualquer doença, em particular, e disfunção eréctil,
eliminar a barreira – incapacidade pode ocorrer devido ao medo da doença,
terapia sexual, este método de tratamento é considerado um dos mais eficazes para a impotência psicológica,
se a psicoterapia não pudesse resolver a questão em si, então o curso de uma sessão de psicoterapeuta deveria ser resolvido.


O tratamento da patologia de um tipo orgânico de impotência realiza-se individualmente e depende do fator da doença:

A base da impotência no contexto do diabetes é drogas que diminuem o nível de glicose no corpo,
no contexto de hipertensão arterial, o paciente deve ser monitorado para pressão arterial e mantido a uma taxa individual,
se a causa for câncer de próstata, a terapia é prescrita individualmente por um andrologista, enquanto um especialista associado ao departamento cérvico-vertebral deve identificar uma causa específica e, consequentemente, prescrever um curso de terapia,
em caso de violações da parte vertebral, a transmissão dos impulsos nervosos é parcialmente bloqueada, em conseqüência do que pode ocorrer impotência.
A impotência pode se desenvolver com situações estressantes prolongadas. Como regra geral, a presença de tal fator, mesmo de natureza temporária, contribui para o agravamento do problema. A impotência não é uma patologia independente. Isto é, ocorre quando as violações acima. Portanto, recomenda-se monitorar o estado geral de saúde, a fim de prevenir.

Para combater eficazmente a doença, em primeiro lugar, deve identificar os fatores que contribuíram para o desenvolvimento da doença. Existem duas categorias de causas de disfunção erétil:

primário – homens que não estão familiarizados com a ereção. Esta forma é bastante rara e é causada por uma anomalia individual ou uma violação do sistema nervoso primário,
secundário – mais frequentemente detectado, uma ereção foi testada, mas com a expiração de um certo tempo, começou a enfraquecer ou está completamente ausente, pode ser devido a transtornos mentais. Em 80% da situação, a impotência se desenvolve como resultado de patologias como diabetes mellitus, hipertensão, próstata ou próstata, danos aos discos vertebrais e intervertebrais e aterosclerose.